quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

Crítica: King´s Man

 


Em King’s Man: A Origem, quando um grupo formado pelos piores tiranos e criminosos mais cruéis de todos os tempos planeja uma ameaça capaz de matar milhões de inocentes, um homem é obrigado a correr contra o tempo na tentativa de salvar o futuro da humanidade.


Nossa Opinião:

Em um primeiro momento podemos imaginar que estamos diante de uma bomba, o que não é o caso. O filme que trata da origem da agência secreta Kingsman é melhor que sua continuação (Kingsman: Golden Circle). A sensação que a repercução do outro filme foi tão ruim, que o seu diretor Matthew Vaughn mandou não só a outra escritora Jane Goldman para fora como fez de tudo para vender a essa história. (Lembre-se que no filme anterior tínhamos um elenco estelar e não houve esse retorno como era esperado)

E como esse prequal é melhor? Porque ele consegue amarrar a trilogia com informações que tornam os outros filmes bem mais interessantes. Para entender o que eu estou falando seria legal rever os dois filme, mas duvido que você vai fazer isso. Vou dar um exemplo que a maioria deve ter passado desapercebido: Nesse filme é contado como foi a origem do prova de "consagração" de um agente.  

É sem dúvida um ótimo filme de ação e divertido. Recomendação é para assistir se for fã ou por falta de opção. Lembre-se que é um filme baseado em quadrinhos então não levem tudo muito a sério. Por sinal, para minha surpresa, há uma cena extra no pós-créditos. Esse elenco funcionou tão bem que, talvez o diretor tenha planos para outro filme. Quem sabe.




0 comentarios:

Postar um comentário